Tambaqui é carregado?

Tambaqui é carregado?

O tambaqui é um peixe que faz parte da culinária do norte do Brasil e pouco consumido em outras regiões do país, mas será que tambaqui é carregado?

O termo carregado (ou remoso) é utilizado para alimentos potencialmente inflamatórios, ou seja, aqueles que podem prejudicar o processo de cicatrização por serem ricos em sódio, açúcar e gordura animal. 

Por este motivo, aqui você vai ver se tambaqui é carregado e algumas outras questões, como: o que é o tambaqui, qual é sua origem, quais os benefícios do consumo e mais. Acompanhe a seguir!

O que é o Tambaqui?

O tambaqui é um peixe de água doce e suas principais características são as suas escamas e seu corpo alto e achatado. Devido a sua abundância na região norte do Brasil e alguns estados como São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Minas Gerais, o peixe é habitualmente consumido nesses locais e é conhecido como a espécie de peixe mais cultivada do país.

O que é o Tambaqui?
Fonte/Reprodução: original.

O peixe também é conhecido como pacu vermelho e pode ser facilmente encontrado em peixarias e supermercados a depender da região. Esse alto consumo leva ao questionamento sobre se Tambaqui é carregado, pois caso seja em determinados momentos seria necessário evitar sua ingestão.

Qual a origem do Tambaqui?

O tambaqui é originário da região amazônica e também é chamado de red pacu, black pacu, gamitana e cachama. Além disso, ele é o segundo maior peixe escamoso da Amazônia. O peixe foi se espalhando para outras regiões do país através de rios e lagos, em decorrência das correntezas do Rio Paraguai.

O peixe habita grande parte do Rio Amazonas, estando situado em abundância no lado direito do rio e sendo menos encontrados na parte que se localiza o Rio Negro.

Quais os benefícios do consumo do Tambaqui?

O tambaqui é um peixe rico em vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do corpo, além de ser excelente na prevenção de doenças. Confira abaixo seus principais benefícios antes de entender se tambaqui é carregado:

1- Rico em ômega 3

O ômega 3 é uma gordura boa que conta com ação anti-inflamatória, e além de combater a asma, auxiliar no combate a depressão e prevenir doenças cardiovasculares, proporciona diversos outros benefícios.

2- Previne o envelhecimento precoce

O tambaqui contém antioxidantes que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce e também auxiliam na diminuição de células cancerígenas. 

3- Previne doenças cardiovasculares

O ômega 3 também ajuda na diminuição do colesterol ruim, aumentando o colesterol bom (HDL). Assim, combatendo doenças cardiovasculares como derrame, infarto e outros.

4- Possui vitaminas essenciais para o corpo

O peixe é rico em vitaminas, proteínas e minerais essenciais para o corpo. Ele conta com fósforo, vitaminas do complexo B e antioxidantes que exercem diversas funções no organismo combatendo doenças como a anemia, além de possuir ação anti-inflamatória e ajudar a neutralizar ações dos radicais livres.

De fato, o tambaqui possui um alto valor nutricional que o faz ser um alimento rico e justifica sua presença na mesa de diversos brasileiros. Mas antes de incluí-lo na sua rotina alimentar, é importante verificar se tambaqui é carregado e qual a forma adequada de consumo.

Qual a diferença entre o tambaqui e tambacu?

Embora sejam espécies bastante semelhantes em alguns aspectos, existem algumas distinções entre os dois. O tambacu é uma espécie híbrida criada em cativeiro a partir do cruzamento entre o tambaqui e o pacu. Por este motivo, ele apresenta algumas características semelhantes ao tambaqui, mas no geral as suas principais diferenças são a espessura das escamas e o formato do corpo. 

Qual a diferença entre o tambaqui e tambacu?
Fonte/Reprodução: original.

O tambaqui possui escamas mais grossas e maiores, além de um corpo mais áspero, o que faz dele mais fácil de pegar. Diferente dele, o tambacu possui um corpo mais liso e escamas menores.

O Tambaqui é remoso?

Não é correto afirmar que tambaqui é carregado ou remoso, e existem alguns motivos para isso. O primeiro motivo já foi mencionado, que é o fato de que o tambaqui contém ômega 3, uma gordura que é benéfica para o corpo e possui ação anti-inflamatória.

Outra razão pela qual o tambaqui não é carregado, é pela dieta dele, que é proveniente de sementes e frutos. Quando criado em tanque, sua alimentação é composta de ração feita a base de vegetais, então em ambos os casos a rotina alimentar do animal não oferece danos a sua saúde e de seus consumidores.

Como consumir o Tambaqui?

O tambaqui é um alimento flexível e pode ser consumido de diversas maneiras, sendo as mais comuns seu preparo frito, cozido e grelhado. Ele pode servir como prato principal, acompanhamento ou aperitivo, a depender da preferência de quem consome.

Você acabou de constatar que não é correto dizer que o tambaqui é carregado, portanto, pode ser consumido durante o processo de cicatrização, seja após fazer uma tatuagem ou na recuperação pós-cirúrgica. Assim, adicione a fonte de proteína em sua rotina alimentar sem medo, mas sempre com a moderação e diversificação indicada pelos profissionais da nutrição.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *