Peixe é remoso e causa inflamação? Confira a lista das espécies de peixes remosos!

Peixe é remoso e causa inflamação? Confira a lista das espécies de peixes remosos!

Sempre presente à mesa em diferentes modos e receitas, o peixe é sobretudo um alimento rico em nutrientes e um auxiliar na prevenção de algumas doenças, mas, nem todo peixe é indicado para consumo, nesse caso falamos que o peixe é remoso.

Confira quais peixes você não deve comer e os motivos que levam um peixe ser considerado remoso

O peixe é remoso ou não?

Para responder essa pergunta, vamos primeiro o que é um alimento remoso, esse termo é atribuído a alimentos ricos em gordura trans, proteína ou gordura animal, características que prejudicam o organismo e facilitam o processo inflamatório, muitas vezes na pele.

O peixe é remoso ou não?
Peixe é remoso. Fonte/Reprodução: original.

Disseminado entre as pessoas, o alimento remoso é aquele que precisa ser evitado em alguns momentos como no processo de uma cirurgia ou de uma tatuagem, seja nos períodos antes ou depois. Desse modo, chegamos à questão de que algumas espécies de peixes são sim consideradas remosas, porque  sua ingestão pode gerar inflamação em pessoas com feridas na pele.

No entanto, um peixe é remoso também por causa do seu modelo criatório inadequado ou modo de preparo, que é o caso da fritura. No modelo criatório, o peixe acaba ficando estressado comprometendo a sua saúde, e existem casos onde o peixe é remoso porque fatores como transporte, contaminação do habitat, manuseio o tornou um peixe com sérios problemas, o deixando impróprio para consumo.

Características e hábitos alimentares de peixes remosos

Para saber se o peixe é remoso basta observar se ele possui escamas pequenas ou ausência delas, que é o caso do peixe bagre da espécie de peixes de couro. Outro ponto que deve ser observado é se possuem aparência estranha, comportamento agressivo ou cheiro forte, que são características passíveis que acabam enquadrando alguns peixes na lista de remosos.

Além disso, os hábitos alimentares dos peixes também podem enquadrá-los na lista de remoso, o caso dos peixes do tipo detritívoro e oliófagos, pois esses são tipos de peixes que procuram alimentos no fundo dos lagos, pântanos e rios.

caracteristicas e habitos alimentares de peixes remosos
Peixe bagre no rio. Fonte/Reprodução: original.

Em geral, fezes de outros peixes, larvas de insetos, ovos de animais invertebrados, detritos orgânicos, plantas ou animais mortos, logo a dieta desses animais são compostas de fungos e bactérias, sendo passíveis de receber e logo transmitir micro-organismos se forem consumidos.

Quais peixes são remoso?

Entre a lista de peixes remosos impróprios para consumo estão o peixe Bagre, Pintado, Linguado, Surubim, Jundiá, Mandi, Anjo, Arraia, Mandubé, Pacamão, Piranha, Filhote, Peixe-serra, Cação, Piraíba, Caçonete, Moréia, Peixe espada, Viola, Curimbatá e por fim o Tubarão.

Quais os peixes adequados para alimentação?

Já na lista dos peixes adequados para o consumo humano, estão aqueles bem já conhecidos para quem gosta de um peixe à mesa, são eles: Corvina, Manjuba, Aracu, Pescado, Mero, Merluza, Namorado, Pacu, Dourado, Robalo, Salmonete, Tainha, Cará, Sardinha, Salmão, Tilápia e o Lambari.

Como ocorre a alergia alimentar a alguns tipos de peixes?

A alergia alimentar pode ocorrer caso a pessoa já possua uma predisposição genética, ou seja, isso não tem a ver se o peixe é remoso ou não, essa quadro pode ocasionar sintomas como coceira, erupções na pele, tontura, náuseas, vômito, dor abdominal entre outros sintomas.

Também pode ocorrer casos, onde a pessoa tenha criado a intolerância alimentar relacionado a problemas digestivos, observado em sintomas como vômito, diarreia, azia, entre outros sintomas.

Há peixes que auxiliam na cicatrização?

Sim, existem tipos de peixes com essas características, como o salmão, a cavala, o atum e a sardinha, porque são peixes ricos em substâncias como ômega 3, que ajudam a combater a inflamação.

Com isso, podemos dizer que existem peixes que podem entrar na dieta das pessoas que procuram melhorar a cicatrização e o desenvolvimento de uma nova pele, pois eles são fontes de proteínas e nutrientes que estão diretamente relacionados às fases do processo de cicatrização.

Como sabemos o peixe, sobretudo, é um alimento super saudável, excelente fonte de vitaminas, gorduras boas e minerais, também são fontes de propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. O peixe proporciona diversos benefícios para a saúde, pois fortalece o sistema imunológico, melhora a memória e traz prevenção a doenças cardiovasculares.


Comments

12 respostas para “Peixe é remoso e causa inflamação? Confira a lista das espécies de peixes remosos!”

  1. […] você pode mudar alguns hábitos na alimentação da mãe, como por exemplo beber mais água e introduzir alimentos laxativos, que consequentemente […]

  2. […] Alimentos remosos tem alto poder inflamatório e atrasam processos de cicatrização. Portanto, todos os alimentos ricos em gordura e açúcar precisam ser evitados por quem passa por um processo de cicatrização pós-operatório, após fazer um piercing ou uma tatuagem. […]

  3. […] alimentos que promovem o aumento da inflamação, uma alergia, e dificuldade em cicatrização da pele. Pessoas muito machucadas ou após uma […]

  4. […] carne de porco é remoso. Ela é conhecida como um dos alimentos remosos, e isso se dá devido a alta concentração de gordura que ela […]

  5. […] que é normalmente feito com arroz, recheado com alguma proteína (que costuma ser proveniente de peixes ou frutos-do-mar) e envolto em uma folha feita de algas […]

  6. […] é o nome dado para várias espécies de peixes, ou seja, isso significa que o alimento não é uma espécie única de peixe e que na realidade, o […]

  7. […] arraia é carregado somente quando consumida em excesso e também é necessário salientar, que algumas espécies do peixe são impróprias para consumo. […]

  8. […] termo carregado (ou remoso) é utilizado para alimentos potencialmente inflamatórios, ou seja, aqueles que podem prejudicar o processo de cicatrização por serem ricos em sódio, […]

  9. […] tucunaré é um peixe de água doce encontrado em locais diversos do Brasil. Existem diferentes tipos de tucunaré, cada um com suas […]

  10. […] é importante ter cuidado ao consumir o peixe, pois por mais que não seja coerente afirmar que o peixe panga é carregado, existem alguns […]

  11. […] curimatã é um peixe rico em proteínas e baixo em gorduras e carboidratos, de forma que ele se torna um excelente aliado na perda de peso. […]

  12. […] salmão é um peixe com aparência bem característica, graças à sua coloração que pode variar de alaranjada até um tom de vermelho intenso bem […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *