Intolerância À Lactose O Que É E Quando Prende O Intestino

Intolerância à lactose: O que é e quando prende o intestino

Alguns especialistas juntamente com dados de pesquisas, apontam que 35% a 75% das pessoas brasileiras possuem algum grau de intolerância à lactose.

A causa desta intolerância é devido à dificuldade de algumas pessoas na hora da digestão de açúcar, que estão presentes em leites e derivados. Existe uma explicação para isso, que é a deficiência de produção da lactase que ocorre em alguns organismos.

Essa enzima é capaz de digerir e quebrar a lactose, que nada mais é do que o açúcar que se encontra no leite, e é composto por dois carboidratos: glicose e galactose.

Saiba o que é a intolerância à lactose?

Intolerância à lactose é a denominação para distinguir a incapacidade (completa ou parcial) da digestão do açúcar existente em leite e derivados. Esse desagradável acontecimento ocorre quando o organismo não tem meios de produzir a enzima digestiva que é conhecida como lactase, que é utilizada para decompor e quebrar a lactose, presente no leite.

Saiba o que é a intolerância à lactose
Fonte/Reprodução: original

Essa substância passa pelo intestino grosso de forma irregular, que se acumula e fermenta devido a bactérias fabricarem gases e ácido lático, o que causa uma retenção de água acima do ideal e como consequência, cólicas e diarréias aparecem no organismo.

É importante diferenciar o que é alergia ao leite e o que é intolerância à lactose. A alergia faz uma reação imunológica adversa no organismo, devido às proteínas do leite, que ocorre logo após sua ingestão, mesmo sendo um gole, ou pequenos pedaços de derivados. A mais comum entre elas é a alergia ao leite de vaca, que provoca reações adversas no intestino, no sistema respiratório e na pele.

Intolerância à lactose: Qual a idade mais comum do seu surgimento

Quando nascemos, devido a amamentação, a produção de lactase no intestino é alta, o que traz para microbiota intestinal vários microorganismos que reforça a imunidade, garante o valor nutricional e auxilia para o desenvolvimento dos ossos, órgãos e afins. As atividades da lactase diminui gradualmente quando desmamamos.

Ainda que existam possibilidades de incluir na dieta a ingestão de leite de outros animais, a composição química não é igual à do leite materno. Quando há falta de enzimas, uma fonte de energia propícia para o microrganismo do cólon, a lactose deve passar por um estado de fermentação juntamente com ácido lático, gás hidrogênio e metano. 

O gás que é produzido pode gerar sensações que podem causar flatulência e distensão abdominal. A produção de ácido lático através dos microrganismos trazem água para o intestino, assim como lactose mal digerida, resulta em diarreia.

A Intolerância à lactose pode surgir na vida adulta?

A intolerância pode ocorrer por vários fatores, mas basicamente ela consiste na deficiência do corpo ao produzir enzima lactase, e pode ocorrer em qualquer idade, desde o desmame à fase adulta da vida.

O mais comum de acontecer casos de intolerância são nos primeiros anos da infância, especialistas ressaltam que, até os fatores étnicos podem variar e ocorrer os primeiros sintomas. Crianças negras são mais precursoras em apresentar a intolerância, enquanto crianças brancas nas fases mais tardias da vida.  

Portanto, nas primeiras idades da vida, adolescência ou fase adulta, independente de origem étnica ou quaisquer outras questões, qualquer um pode apresentar problemas de lactase devido a sua redução no organismo.

Como a intolerância à lactose influencia o intestino?

A intolerância à lactose gera gases, dor de barriga constante e outros tipos de desconfortos gastrointestinais, quando um indivíduo que apresenta este problema ingere leite e derivados. O médico precisa avaliar o histórico do paciente para descartar o diagnóstico, pois outros sintomas semelhantes podem aparecer e criar confusão, por isso, o médico deverá pedir alguns exames. 

O tratamento é relativo, mas a maioria envolve a diminuição e consumo de lácteos e a utilização de cápsulas com lactase, que irá realizar a quebra de lactose no organismo.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *