Queijo é remoso e causa inflamação?

Queijo é remoso e causa inflamação?

O queijo é remoso? Uma das comidas mais populares do mundo e que é consumida de várias formas, é também alvo de questionamentos como esse. É muito comum as pessoas terem dúvidas sobre o potencial negativo que esse alimento pode ter em alguns contextos e sobre sua capacidade de gerar inflamações e atrapalhar processos de cicatrização, por exemplo.

O objetivo deste artigo é justamente esclarecer se o queijo é remoso de fato ou não e o que é isso. Nos próximos parágrafos também estão reunidas informações nutricionais sobre esse alimento e seus benefícios para a saúde (sim, ele também tem). Continue a leitura e saiba se o queijo é remoso ou não e tire suas dúvidas.

O queijo é um alimento remoso?

O que se entende como “alimento remoso” são aqueles que possuem a capacidade de dificultar o processo de cicatrização do corpo e que geram inflamações no organismo. São popularmente conhecidos como “alimentos carregados” e contemplam diferentes grupos alimentares. Nesse contexto, pode-se dizer que sim, o queijo é remoso e faz parte desse conjunto.

o queijo e um alimento remoso
O queijo e a cicatrização. Fonte/Reprodução: original.

É fácil entender por que o queijo é remoso e isso tem a ver diretamente com o fato de que, na sua composição, existe muita gordura saturada. Este nutriente específico contribui para haver inflamações no corpo (devido à presença do ácido araquidônico), de modo que toda comida que o possui em excesso, pode ser considerada remosa.

Alimentos remosos que causam inflamações na cicatrização

Bem, já descobrimos que o queijo é remoso, mas sabemos também que ele não está sozinho nessa. Como dito acima, todos os grupos alimentares ricos em gorduras saturadas têm o potencial de causar inflamações no organismo e atrapalhar a cicatrização no corpo. Além disso, outros nutrientes e ingredientes podem contribuir com isso, como a gordura trans, o açúcar refinado e os aditivos químicos.

São exemplos de comidas remosas: chocolates, camarão, carne de porco, lanches de fast-food, margarina, refrigerantes, sucos industrializados, sorvete, bolos, tortas, pães, entre outros. Outra substância que pode ser citada aqui e que também é remosa é o álcool.

Quais nutrientes e benefícios do queijo?

Tudo bem que o queijo é remoso, mas isso não significa que ele também não tenha benefícios associados ao seu consumo. Em um contexto adequado, o queijo pode ser um aliado ótimo de uma dieta equilibrada e saudável. Confira abaixo uma lista com alguns dos principais nutrientes encontrados no queijo:

  • Zinco;
  • Fósforo;
  • Selênio;
  • Vitamina D;
  • Vitamina A;
  • Vitamina E;
  • Algumas Vitaminas do complexo B;
  • Cálcio.

Diante dessa riqueza nutricional, o queijo tem benefícios relevantes, como a prevenção de câncer de intestino, redução do colesterol ruim (LDL), melhoria do processo digestivo, fortalecimento dos ossos e dentes e, ainda, contribuição para o emagrecimento.

Quando não consumir queijo?

Mesmo com vantagens consideráveis, o queijo não pode ser consumido em algumas situações. As principais delas são quando o indivíduo possui alergia aos componentes do alimento, quando tem intolerância à lactose ou em situações em que apresenta sensibilidade às suas proteínas (sobretudo à caseína). Algumas pessoas com problemas nos rins também devem evitar o consumo.

quando nao consumir queijo
Quando não se deve comer queijo. Fonte/Reprodução: original.

Uma vez que o queijo é remoso, o melhor a fazer no caso de dúvidas é procurar um profissional da nutrição ou mesmo um médico, pois eles conseguem orientar melhor sobre a possibilidade de cada pessoa manter ou não o alimento na dieta. Isso traz, além de tudo, segurança na hora de comer esse alimento tão saboroso e versátil.


Comments

5 respostas para “Queijo é remoso e causa inflamação?”

  1. […] O tipo mais comum e mais consumido no Brasil é a banana prata, que possui fonte de manganês em sua composição e não é tão doce quanto os outros tipos. Outro tipo de banana muito comum e que se assemelha com a banana prata é a banana maçã, que também é rica em manganês e que, como o nome sugere, possui o sabor semelhante ao de uma maçã. […]

  2. […] pesto: o molho pesto é feito com manjericão fresco, alho, pinhões, azeite e queijo parmesão. É uma ótima opção para massas, saladas e […]

  3. […] Alimentos carregados ou remosos são aqueles com grandes quantidades de sódio, ou açúcar, que atuam de maneira inflamatória no organismo. Por isso, é muito importante tomar cuidado ao ingerir comidas e bebidas muito geladas ou muito doces, como refrigerantes ou bacon, por exemplo. […]

  4. […] em si é um dos alimentos mais amados, independente de sua variação, mas muitos têm dúvidas se o queijo prato é gorduroso. Assim, se você está passando por um período de dieta, conheça mais sobre esse tipo de […]

  5. […] item possui suas peculiaridades e se destaca dos demais tipos de queijo, confira neste post completo se o queijo coalho é gorduroso e outras curiosidades sobre esse […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *