Quais os tipos de açúcar e como eles funcionam

Quais os tipos de açúcar e como eles funcionam?

Se você é alguém que adora alimentos doces e açucarados, provavelmente já ouviu falar sobre os diferentes tipos de açúcar e como eles são usados em receitas e alimentos processados. Neste post vamos entender como funcionam esses diferentes tipos e quando você deve limitar o consumo.

O que é o açúcar?

O açúcar é uma substância doce e solúvel em líquidos como água e outros, é encontrado normalmente em muitas frutas e vegetais. Sendo o modelo mais comum de açúcar a sacarose, extraída da cana-de-açúcar ou da beterraba açucareira.

O que é o açúcar
Fonte/Reprodução: original

De forma geral, o açúcar é um carboidrato, fonte de energia para o corpo humano e existem alguns tipos de açúcar, podendo ser usado em situações diferentes na culinária.

Qual a origem do açúcar?

Acredita-se que o açúcar tenha sido descoberto na índia, há pelo menos 5.000 anos. A cana-de-açúcar é uma planta nativa do sul da Ásia, cultivada pela primeira vez no subcontinente indiano.

A partir daí a produção de vários tipos de açúcar se espalhou por grande parte da ásia, incluindo a China e o Oriente Médio. Os árabes foram responsáveis por introduzir o açúcar na Europa durante as cruzadas, depois disso a produção e o comércio se expandiu rapidamente por todo o mundo.

Qual a importância do açúcar para a saúde?

O açúcar é uma fonte de energia para o corpo humano, é indispensável para o bom funcionamento do cérebro, músculos e de outros órgãos. Porém, em razão dos problemas gerados pelo excesso de consumo do açúcar, é recomendado que a ingestão diária não ultrapasse 10% das calorias recomendadas para o dia.

Quais os tipos de açúcar e para que serve cada um?

Existem vários tipos de açúcar disponíveis, cada um com suas próprias características e usos específicos. Abaixo estão alguns dos tipos mais comuns, confira:

Açúcar branco ou refinado

Esse é o tipo mais comum de açúcar sendo feito a partir da cana-de-açúcar refinada. É amplamente utilizado em receitas de cozinha e em diversas bebidas.

Açúcar mascavo

Já o açúcar mascavo, é um dos tipos de açúcar também feito a partir da cana-de-açúcar, porém menos processado que o branco. Tem uma coloração marrom e sabor de melaço. Assim como o açúcar anterior, pode ser usado em bebidas.

Açúcar de confeiteiro

Esse é um açúcar refinado, moído em um pó mais fino, como seu próprio nome já diz, é muito utilizado em confeitaria ou na produção de sobremesas como glacês, coberturas e chantilly.

Açúcar demerara

O açúcar demerara, é outro dos tipos de açúcar, esse mais parecido com o mascavo, sendo também menos refinado e usado em bebidas quentes e em receitas de pães.

Açúcar de coco

Este açúcar é feito a partir da seiva de flores de coqueiro e é menos processado que o refinado. Tem um sabor parecido com o mascavo, utilizado em sobremesas e bebidas.

Açúcar cristal

Já o açúcar cristal é um dos tipos de açúcar mais conhecidos, sendo uma parte anterior do processo até o refinado, ficando cristalizado, mesmo sendo menos processado ele não apresenta nenhuma vantagem em relação ao refinado.

Açúcar orgânico

O açúcar orgânico vem de um processo considerado 100% natural, desde a plantação da cana-de-açúcar, sem adição de adubos ou fertilizantes. Apesar disso, segue a recomendação de consumo reduzido. Pode ser usado em diversas receitas, e claro, bebidas.

Quando se deve diminuir o consumo do açúcar?

O consumo excessivo de açúcar é prejudicial à saúde, pode causar uma série de problemas como:

  • Obesidade;
  • Diabete;
  • Doenças cardíacas;
  • Cáries dentarias;
  • Inflamação crônica.

A maioria destes problemas podem ser reduzidos na mudança dos tipos de açúcar consumidos, e também limitando o consumo a no máximo 10% como já citamos.

Quando se deve diminuir o consumo do açúcar
Fonte/Reprodução: original

Além disso, é importante escolher fontes mais saudáveis de carboidratos, como frutas, verduras e grãos integrais, para assim equilibrar o consumo do açúcar e melhorar a saúde sem a necessidade de encerrar o consumo.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *