Sexo é remoso quais cuidados devo ter para evitar inflamações

Sexo é remoso? Quais cuidados devo ter para evitar inflamações?

Já ouvir alguém dizer que sexo é remoso? Vim aqui tirar essa dúvida e falar um pouco mais sobre as atividades sexuais, descobrir se sexo é remoso mesmo. O termo remoso é algo usado para alimentos que contribuem negativamente para determinadas condições adversas para a sua saúde.

São alimentos que promovem o aumento da inflamação, uma alergia, e dificuldade em cicatrização da pele. Pessoas muito machucadas ou após uma cirurgia devem evitar a todo custo essa categoria de alimento. Esse receio de alimentos prejudiciais, podem levar algumas pessoas a acreditarem que o sexo é remoso e deve ser evitado.

O comum no Brasil é que os mais velhos, orientem as mulheres de resguardo, pessoas doentes, ou pós cirurgicas a evitarem ingerir alimentos remosos, por esses alimentos serem duvidosos, gordurosos e com qualidade inferior extrema. Mas será que o sexo é remoso? Que tal descobrir juntos? Vem comigo!

Será que sexo é remoso?

Esse termo remoso é uma variação popular criada desde épocas antigas, e a ciência não tem nada a vê com esse termo ou tradição. Caso você possua ferimentos que tornaram você mais vulnerável as inflamações e infecções, provavelmente esse é um dos casos que você precisará pausar suas atividades sexuais.

Será que sexo é remoso
Será que sexo é remoso. Fonte/Reprodução: original

O normal é se sentir bem inquieto logo após uma cirurgia, e voltar as atividades do seu dia a dia pode ser um desafio, não difere sobre o ato sexual. Ele envolve muitos movimentos que podem causa atritos nas lesões, abrir seus pontos e atrapalhar a cicatrização. A tensão dos corpos pode atrapalhar, suor, saliva, secreções, entre outros, favorecem a inflamação.

Afinal o sexo é remoso ou não? Não, ele não é remoso, porém, o ato dele em alguns momentos, pode aumentar a vulnerabilidade do seu corpo para contrair bactérias, e isso faz com que o ato seja perigoso para pessoas na fase de recuperação.

Cuidados com o ato sexo para cicatrização de ferimentos ou cirurgias

Você precisa evitar e muito o sexo no momento de inflamações genitais ou infecções, principalmente se existir feridas ou fissuras, pode desencadear até mesmo doenças sexualmente transmissíveis. No caso das mulheres principalmente, o mais importante é interromper toda a atividade sexual durante o tratamento.

Evite usar roupas que fique em atrito com sua pele durante o período de cicatrização, mantenha sempre esse machucado limpo e higienizado, e no caso de doenças você precisa interromper o sexo completamente.

Condições em que é bom evitar o sexo

Para o sexo ser evitado, precisa existir uma situação bem específica como problemas de saúde, cirurgias, infecções, entre outros. Isso faz com que você precise pausar um pouco suas atividades sexuais e se cuide completamente, a pausa, facilita na recuperação e ajuda a evitar dores ou sangramentos que no geral, você não precisaria ter.

Condições em que é bom evitar o sexo
Condições que o Sexo é bom. Fonte/Reprodução: original

No caso de uma gravidez ou uma pessoa que sofre de problemas cardíacos, o sexo não precisa ser evitado, pode ser mantido sem risco a saúde.

Dores durante o ato

Dispareunia o nome cientifico dado para dores durante o sexo, e em casos é acompanhado de sintomas como coceira ou ardência. Para homens a causa principal da infecção urinária é a bexiga, porém uma curvatura anormal em seu pênis ou uma fimose podem atribuir a essa infecção. Para as mulheres pode ocorrer a doença inflamatória pélvica, uma endometriose, ou no caso de relações, podem pegar do seu parceiro.

Nessas ocasiões você precisa buscar um médico para ele passar o diagnóstico e identifique o problema, te indicando então o tratamento adequado, assim, evita que o seu problema se agrave ou passe para seu parceiro.

Durante tratamento de infecções sexualmente transmissíveis

No caso do tratamento de infecções sexuais, o recomendável é que você evite ao máximo o ato sexual, caso esteja pensando em usar camisinha, evite, até que o tratamento seja concluído, isso fará com que você não contamine seu parceiro e irá facilitar sua recuperação.

Procurar um médico para ele dar o diagnóstico, fazer o tratamento com ambos parceiros, e voltar a atividade sexual quando o médico afirmar que o tratamento de ambos está terminado.

Feridas nas partes íntimas

Essas feridas íntimas podem parecer inofensivas, mas não são, elas podem e vão aumentar o risco de transmissão, agravar suas feridas, infeccionar logo após o ato sexual por conta do atrito provocado na pele. Você também é auxiliado a evitar relações sexuais após um parto, uma curetagem, ou cirurgia, por conta dos cortes e feridas.

Procure um clínico geral e inicie o tratamento a respeito dessas feridas, ele irá avaliar se pode ser uma doença sexual, no caso de inchaço, vermelhidão e dor procure de imediato uma ajuda médica mais próxima.

Infecção urinária

Essa infecção é um problema extremamente doloroso, é um desconforto insuportável para urinar, você vive com a sensação de que precisa ir ao banheiro a cada 5 minutos ou menos, dói ao caminhar, arde o tempo inteiro. E se você tentar ter relação intima, a dor é bem maior e seu parceiro terá 95% de chance de também se infeccionar.

Vá ao médico, faça o tratamento devido e espere até o fim desse tratamento para que você volte com suas atividades sexuais normalmente.


Comments

3 respostas para “Sexo é remoso? Quais cuidados devo ter para evitar inflamações?”

  1. […] muitas dessas informações podem ser prejudiciais à saúde e impedir que as pessoas alcancem suas metas de perda de peso com segurança e eficácia. Nesse […]

  2. […] vai ver qual é a receita de melancia para apimentar a relação, quais os benefícios que a fruta proporciona para a vida sexual e muito […]

  3. […] Você se encontra interessado (a) sobre comidas que aumentam a libido e gostaria de saber se vinho é afrodisíaco‌ ou se é mito? Então, saiba que estamos aqui para te ajudar! Nessa viagem gastronômica, além de te mostrarmos os benefícios do vinho em sua saúde e como ele pode ser um grande aliado em momentos íntimos para o aumento sexual. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *