Descubra se Catupiry é remoso!

Descubra se Catupiry é remoso!

O catupiry é um clássico das refeições de muitos brasileiros. Saboroso e muito usado em pizzas, coxinhas, tortas, esfihas e muitos outros salgados, esse requeijão já é queridinho entre os bons de garfo. Mas uma dúvida surge entre os curiosos: será que o catupiry é remoso?

Neste post, vamos descobrir isso de uma vez por todas e conferir algumas curiosidades sobre esse elemento que não pode faltar nos lanches dos brasileiros. Acompanhe a leitura a seguir!

O que é Catupiry?

Catupiry é, na verdade, uma marca de requeijão muito famosa no Brasil. Mas embora seja uma marca, o nome “catupiry” se tornou sinônimo de um de seus produtos mais famosos, que é um tipo de requeijão mais cremoso e denso. O catupiry é um daqueles estranhos casos em que um produto se torna mais famoso que a própria marca fabricante.

Catupiry é remoso?

O nome “remoso” significa, de acordo com o dicionário, “algo capaz de prejudicar nossa saúde, que faz mal, especialmente ao sangue”. Em alguns dicionários, o nome pode sofrer algumas alterações, chegando a se chamar “reimoso”, mas isso varia de acordo com cada dicionário.

Catupiry é remoso?
Fonte/Reprodução: original.

Caso você esteja cozinhando e misture o catupiry com algum outro ingrediente, de alguma receita que precise de fritura, como pastel e coxinha, ele passará a ser considerado um alimento remoso.

Isso porque, segundo os especialistas, as frituras e outros ingredientes com alto teor de gorduras hidrogenadas, como óleo refinado, sal e açúcar, estão dentro da categoria dos alimentos remosos.

O consumo excessivo de produtos remosos causa o aumento de inflamações e dificulta o processo natural de cicatrização do corpo humano. Além disso, eles também podem causar fortes dores de cabeça, colesterol alto e até mesmo a diabetes.

Os produtos remosos podem ser tão prejudiciais que é recomendado que, após uma cirurgia, eles sejam evitados, a fim de que o processo de cura do corpo não seja mais lento que o normal.

O catupiry também possui leite em sua composição, por isso, pessoas que possuem algum tipo de alergia ao leite devem tomar muito cuidado ao consumir requeijão ou catupiry.

Como é feito o Catupiry?

Atualmente, a empresa Catupiry cria diferentes tipos de produtos derivados da receita original, misturando temperos, ervas e até adicionando cheddar na mistura.

O início da fabricação do requeijão conhecido como catupiry é o processo de coalhada do leite. Depois, o leite é separado em duas partes, o soro desnatado passa por um processo de desidratação e o seco é ralado. 

Como é feito o Catupiry?
Fonte/Reprodução: original.

A parte cremosa, aquela que possui gorduras, é derretida e misturada. O requeijão demora cerca de uma hora para chegar a consistência desejada. Depois disso, o produto é embalado e está pronto o Catupiry.

Qual a origem do Catupiry?

Talvez você imaginasse que o catupiry era de origem italiana, já que a maioria dos tipos de queijo nasceram lá, mas esse requeijão é de origem brasileira.

No começo, a produção do catupiry era artesanal, o que mudou depois que os produtores decidiram abrir uma fábrica em São Paulo. O termo catupiry é de origem Tupi-Guarani, e significa “excelência”.

Como vimos, o catupiry pode ser sim considerado remoso, caso seja usado como ingrediente de alguma fritura ou misturado com algum outro produto remoso. Também pode ser perigoso para as pessoas alérgicas a laticínios, já que o leite é um dos principais ingredientes do produto.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *