Prisão de ventre em crianças e bebês: o que fazer

Prisão de ventre em crianças e bebês: o que fazer

Prisão de ventre ou intestino preso é uma das piores sensações de desconforto que podemos sentir, imagine então como deve ser difícil a prisão de ventre para crianças e bebês. A confusão de sentir dores, falta de mobilidade e sensações esquisitas sem saber exatamente o que é, pode deixá-los angustiados, irritados e estressados. Por isso devemos sempre ter atenção quando essa condição atinge os pequenos 

Vamos então analisar as causas, como evitar, e como se manifesta a prisão de ventre em crianças e bebês. 

Quais sintomas da prisão de ventre em crianças e bebês?

Muitas vezes até pela inexperiência da criança não é uma tarefa muito fácil identificar quando ela está sofrendo de prisão de ventre e intestino preso. Atenção quanto aos sintomas é essencial para os pais ou responsáveis identificarem se o pequeno está sofrendo com a condição. Vamos saber quais os sintomas mais comuns de prisão de ventre em crianças: 

  • Fezes muito secas e duras; 
  • Idas ao banheiro inferiores a 3 vezes na semana;
  • Barriguinha inchada e com dor;
  • O mau humor e estresse causado por essas dores desconhecidas pela criança; 
  • Falta de apetite;
  • Sensibilidade na região do baixo ventre.

Esses são alguns dos clássicos sintomas da prisão de ventre infantil, bastante parecidos com os de um adulto. Para os bebês mais pequenos que ainda não falam é ainda mais difícil identificar. Os pais devem estar atentos ao choro que é o primeiro e principal sinal da prisão de ventre. 

Quais sintomas da prisão de ventre em crianças e bebês?
Sintomas. Fonte/Reprodução: original.

No caso dos recém nascidos a evacuação normal é de mais ou menos 8 vezes ao dia. Caso o bebê diminua pela metade esse número também é um grande indício de prisão de ventre. 

Causas mais comuns de Prisão de ventre em crianças e bebês

As causas comuns de prisão de ventre em crianças e bebês podem ser bastante variadas. Crianças mais ativas e estão entretidas com alguma coisa podem ter dificuldade de parar com sua diversão para ir ao banheiro. Há também aquelas que sentem algum desconforto ao ir ao banheiro, vergonha ou simplesmente não querem. 

Essa recusa de ir ao banheiro nos momentos em que sentem a necessidade pode muito bem causar episódios bastante ruins de prisão de ventre. Entre os hábitos alimentares também estão as maiores chances da criança acabar ficar nessa condição. Crianças com uma dieta onde são consumidas poucas fibras podem ter o intestino mais preguiçoso e acabar com ele preso. 

Causas mais comuns de Prisão de ventre em crianças e bebês
Tipos de causas. Fonte/Reprodução: original.

Também é comum pais reclamarem da dificuldade de dar água para crianças que se recusam a tomar, esquecem e demoram muitas vezes para ter o hábito de beber líquido frequentemente. Isso pode contribuir bastante para o intestino preso. 

Para os bebês mais pequenos, principalmente os que estão sendo desmamados, é comum ter uma alteração intestinal em períodos da troca do leite materno pelo industrializado. O importante é os pais estarem bastante atentos quando há essas trocas e introduções na alimentação da criança e observarem suas reações.

Como tratar a Prisão de ventre em crianças e bebês?

A primeira dica que especialistas dão para tratar a prisão de ventre é uma alimentação rica em fibras e alimentos que relaxam e estimulam o intestino. Frutas como ameixas, mamão e laranja podem soltar o intestino. Consumir iogurtes, feijão e lentilhas também é muito bom para soltar o intestino e tratar a prisão de ventre. 

Alguns alimentos também devem ser evitados quando a criança estiver com a prisão de ventre. Alimentos como banana, maçãs ou açúcar podem acabar piorando, ou pelo menos atrasando a recuperação do pequeno. 

Quais alimentos ajudam a evitar Prisão de ventre em crianças?

Os alimentos que são ricos em fibras são os mais indicados para prevenir a prisão de ventre. Tomar bastante líquido como sucos ou até mesmo água também tem um papel importante para evitar a condição. 

Aproveite nossas dicas e não deixe mais seu pequeno sofrer com prisões de ventre e com o intestino preso. 


Comments

Uma resposta para “Prisão de ventre em crianças e bebês: o que fazer”

  1. […] de doenças e outros problemas de saúde, além da melhoria da mobilidade e da qualidade de vida como um todo, são os principais benefícios observados nos idosos que […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *