Descubra se a carne de boi é remosa!

Descubra se a carne de boi é remosa!

Para muitas pessoas com estômago e intestino sensíveis, é importante ter cuidado com certos alimentos, inclusive carnes, como carne de boi, que muitas vezes cai em júri popular como remosa.

A carne vermelha, é um alimento que deve ser consumido com certo cuidado para evitar possíveis problemas de saúde, assim como qualquer outro que possua níveis altos de sal e outras substâncias.

Mas afinal de contas, carne de boi é remosa? Quais cuidados eu devo ter ao consumi-la? Estas questões serão respondidas, junto de outras informações importantes sobre o alimento e seus benefícios e malefícios, neste artigo. Desse modo, você poderá se cuidar bem melhor quando for convidado para aquele churrasco de domingo. Confira!

O que é a carne de boi?

A carne de boi corresponde aos músculos e estrutura do corpo do boi, inclusive com seus ossos. Ela é consumida pelos seres humanos e por outros animais carnívoros por conter proteínas e nutrientes importantes para seu desenvolvimento.

Carne de boi é remosa?

Antes de saber ao certo se carne de boi é remosa ou não, é importante entender melhor o que é um alimento remoso, o que nos possibilita descobrir não só se a carne bovina faz parte desse tipo, como também estar ciente do que se trata, para conferir que outros alimentos pertencem a esse grupo, em outra ocasião.

Carne de boi é remosa
Carne de boi. Fonte/Reprodução: original

Uma comida, para ser considerada remosa, deve ser rica em gorduras, sal, óleo e açúcares e, se consumida de forma descontrolada, pode trazer sérios riscos à saúde como hipertensão, diabetes, problemas estomacais, indigestão etc.

No caso da carne de boi, uma parte do animal que pode ser considerada remosa é sua costela, pois além de possuir uma grande quantidade de gordura, ela costuma ser preparada com muitos sais e temperos, agravando a situação da mesma.

Contudo, esse não é o único tipo de carne de boi, portanto, não é necessária tanta preocupação sobre se a mesma é remosa.

Quais os tipos de carne de boi?

Existem diversos tipos de carnes de boi que podem ser comprados no mercado para consumo. Alguns deles, como o caso da costela citada anteriormente, podem ser de fato remosos, e seu consumo requer um certo cuidado para evitar problemas de saúde.

Além da costela, temos os seguintes tipos:

  • Filé Mignon;
  • Maminha;
  • Picanha;
  • Coxão mole;
  • Patinho;
  • Lagarto;
  • Contrafilé;
  • Alcatra;
  • Paleta;
  • Chuleta;
  • Coxão Duro;
  • Fraldinha;
  • Acém;
  • Músculo dianteiro;
  • Músculo;
  • Ponta de agulha;
  • Pescoço.

Nestes diversos tipos, a carne de boi ainda se separa em carne de primeira, de segunda, e de terceira, cada uma com mais ou menos gordura, como veremos a seguir.

Qual é a carne de boi mais magra?

Considerando que, nos vários tipos de carne de boi existentes, temos alguns deles que podem sim ser considerados remosos, qual o que não devemos nos preocupar tanto assim? E a resposta dessa pergunta está na carne bovina de primeira.

Qual é a carne de boi mais magra
Carne de boi. Fonte/Reprodução: original

A carne de primeira consiste nas partes do boi que ficam menos expostas e que o animal menos usa, e por isso são de textura macia e livre de músculos e gorduras. Estas carnes são as mais recomendadas para churrascos e assados. Dentre as carnes de primeira estão o filé mignon, a maminha e a picanha, as mais vendidas e consumidas.

Ao saber melhor os cuidados que se deve ter com a carne de boi, para evitar consumo em excesso de partes remosas, você pode organizar um bom e velho churrasco da melhor forma possível, e pode aproveitar sem maiores preocupações com relação às carnes presentes. Mas, obviamente, sempre é importante não exagerar.


Comments

2 respostas para “Descubra se a carne de boi é remosa!”

  1. […] O coração de galinha faz parte do grupo de miúdos, junto com o fígado e a moela, também muito consumidos na culinária brasileira. O que muita gente não sabe, é que os preparos utilizando o coração vão muito além do tradicional churrasquinho. E, quando feito corretamente, este miúdo pode se tornar tão macio quanto um filé de carne. […]

  2. […] que o lombo não provém apenas do porco, mas também da carne bovina. Por este motivo, os sabores e texturas variam conforme o tipo de carne e principalmente a maneira […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *