A tilápia é gordurosa Saiba mais sobre esse peixe!

A tilápia é gordurosa? Saiba mais sobre esse peixe!

Um peixe saboroso, com ótimo custo-benefício e fácil de ser encontrado, mas será que a tilápia é gordurosa? Ela é considerada como o peixe mais consumido e comercializado em todo país e é claro que toda essa fama não é apenas pelo seu sabor. Isso porque além é claro, de ser extremamente saborosa, a tilápia também oferece ótimos benefícios para a saúde.

A versatilidade do peixe também é encantadora, pois além de poder ser consumido frito ou grelhado, ele também pode ser usado em diversos preparos como ensopados e também a famosa moqueca. Mas se a tilápia é gordurosa ou não, seus benefícios para a saúde e as principais formas de preparo, você descobre ao longo deste texto. Confira!

O que é e onde encontrar a tilápia?

Mas antes de descobrir se a tilápia é gordurosa, vamos conhecer um pouco melhor sobre esse peixe. A tilápia é um peixe que possui escamas de coloração verde-oliva com leve toque prateado. Tem uma carne levemente rosada e com textura macia, extremamente saborosa e fácil de ser preparada nas mais diversas receitas.

O que é e onde encontrar a tilápia
Fonte/Reprodução: original

A tilápia é um peixe de água doce, facilmente encontrado em águas com temperaturas um pouco mais quentes. O clima brasileiro é ideal para que a temperatura da água onde esse peixe se desenvolve. Por conta disso, é um peixe facilmente encontrado em todo país e encontrado nos mais diversos comércios.

Principais benefícios da tilápia na alimentação

Além da facilidade de encontrar e da versatilidade em seu preparo, a fama da tilápia também se dá por conta dos diversos benefícios que ela proporciona para a saúde quando consumida de forma regular. Antes de explicarmos se a tilápia é gordurosa, conheça os principais benefícios da tilápia na alimentação:

  • Auxilia na recuperação muscular;
  • Ajuda no ganho de massa magra;
  • Facilita o emagrecimento;
  • Melhora a saúde cardiovascular;
  • Nas gestantes, auxilia na formação do feto;
  • Previne a anemia;
  • Auxilia nos processos cognitivos;
  • Diminui a quantidade de colesterol nas artérias.

Esses são alguns dos benefícios do consumo da tilápia. Por ser um peixe rico em proteínas, vitamina D, diversos nutrientes essenciais e possuir poucas calorias e gorduras, ele é consumido por quem segue dietas e faz parte do cardápio também de atletas profissionais de diversos esportes.

Principais formas de preparo da tilápia

A tilápia é um peixe extremamente versátil e com sabor neutro, por isso pode ser utilizado nas mais diversas receitas. Uma maneira prática de preparar a tilápia, principalmente para quem busca uma alimentação mais saudável, é grelhando ela. Porém, também é possível fazê-la à milanesa, também extremamente saborosa e é uma ótima opção de peixe para o famoso prato fish and chips.

Principais formas de preparo da tilápia
Fonte/Reprodução: original

Esse também é um peixe muito utilizado para preparar a famosa receita à belle manière, também é possível usar a tilápia em moquecas, ensopados, gratinados, à parmegiana e até mesmo para preparar ótimos bolinhos de peixe. Por ter um sabor neutro, a tilápia pode e deve ser preparada com bastantes temperos e limão, que vão deixar a receita ainda mais saborosa.

A tilápia é gordurosa?

Mas afinal, a tilápia é gordurosa? Como mencionamos anteriormente, esse é um peixe muito consumido por atletas e pessoas que buscam a perda de peso. Portanto, embora muitas pessoas pensem que a tilápia é gordurosa, ela não é. Muito pelo contrário, esse é um peixe que possui menos gorduras e é uma excelente opção para quem busca uma alimentação mais saudável.

Porém é preciso ter atenção na hora do preparo. Quando utilizado muitos óleos ou ingredientes gordurosos, a tilápia é gordurosa por conta de seus ingredientes e não pelo peixe em si. Por isso, se você busca uma alimentação mais saudável, busque preparos livres de gorduras excessivas.

Portanto, podemos concluir que apesar de algumas pessoas acreditarem que a tilápia é gordurosa, ela é um peixe com uma quantidade bem baixa e que pode proporcionar excelentes benefícios para a saúde e fazer parte do cardápio de pessoas de todas as idades e até mesmo os atletas.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *