Tudo Sobre A Mandioca E Como Age No Intestino!

Tudo sobre a mandioca e como age no intestino!

A mandioca é uma das raízes mais famosas da culinária brasileira! Consumida em vários cantos do país, pode ser preparada de diversas maneiras – compondo pratos tradicionais (como o “vaca atolada”) e pratos contemporâneos também. Conhecida em algumas regiões como macaxeira ou aipim, o sabor da mandioca tem uma vasta dimensão de possibilidades para ser explorado e você deve com certeza experimentar todos os prazeres que ela pode te oferecer! 

E não para por aí. Vamos falar do quanto esse alimento pode ser benéfico para a saúde humana e como ele deveria estar mais presente na sua dieta. Muitos dizem que a mandioca prende o intestino e esta informação é no mínimo incompleta e bastante equivocada. Pois, muito pelo contrário, a mandioca é capaz de ajudar na regulação da atividade intestinal.

O que é a mandioca e seus benefícios?

A mandioca pertence à família dos tubérculos, vegetais que possuem raízes avantajadas – sendo essas raízes as responsáveis pelo armazenamento de diversas vitaminas. Na família da mandioca estão também os diversos tipos de batatas, tendo elas em comum a característica de serem subterrâneas e ricas em vitamina A, C, e B. 

O que é a mandioca e seus benefícios
Fonte/Reprodução: original

A concentração de vitamina C na mandioca tem ação antioxidante, auxiliando no transporte de substâncias pelo corpo, evitando a formação de células cancerígenas, prevenindo contra os efeitos tóxicos do excesso de raios UV na pele em quem se expõe muito ao sol, benéfica também na manutenção do organismo prevenindo a evolução de doenças como a diabetes, artrite e doenças cardiovasculares.  

Quais são os nutrientes da mandioca?

Além de rica em vitaminas, pode ser encontrado na mandioca o melhor tipo possível de carboidratos, as moléculas responsáveis pelo armazenamento e pela produção de energia no corpo. Sendo recomendado o consumo de mandioca ao invés, ou no lugar, das outras famosas fontes de carboidrato comumente consumidas como o arroz, o macarrão e os pães.

Por ser fonte de carboidratos a mandioca é indicada para consumo por atletas, antes e depois dos treinos, funcionando como uma fonte ideal de energia. Os carboidratos também são responsáveis pela manutenção da produção de serotonina no cérebro – hormônio que desencadeia as sensações de felicidade e prazer. 

Como age a mandioca no intestino: Prende ou solta?

Uma das principais componentes da mandioca, responsável por grande parte do bem que esse alimento pode fazer para a saúde humana, é a fibra. Por ser rica em fibras, a mandioca auxilia na regulação do intestino, ou seja, é errado dizer que a mandioca prende o intestino e isso não quer dizer que ela solta o intestino também. 

As  fibras da mandioca funcionam no fortalecimento da musculatura intestinal, facilitando seu movimento e proporcionando um “cocô saudável” –  sim, por olhar as fezes você consegue ver se seu organismo está funcionando bem, pois elas devem ser mais firmes, bem aglomeradas e devem “boiar”. Isso indica a alta concentração de fibras – que irá evitar o acúmulo de gorduras no corpo.

Quem não pode comer mandioca?

A mandioca é recomendada a dieta de todos, incluindo crianças, mulheres grávidas, idosos, etc. Todo mundo pode comer mandioca! Mas ela jamais deve ser comida crua, pois pode causar intoxicação se não for cozida. Além disso, mesmo que muito saborosa quando frita após ser cozida, o que compõe perfeitamente as mesas dos bares em todo o país, a mandioca frita também deve ser evitada pelo alto teor de gordura.

O consumo de mandioca pode ser diário, apenas evitando exageros, especialmente porque a concentração de amido facilita sensações de saciedade. A mandioca também já foi chamada de “pão dos pobres”, por seu baixo custo e fácil plantio, responsável pela sustentação da vida em territórios de extrema pobreza.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *