saiba se a couve flor prende o intestino confira!

Saiba se a couve-flor prende o intestino: confira!

A couve-flor é um vegetal que está presente na mesa de muita gente. Versátil, ela pode ser inserida em diferentes contextos alimentares e possui vários benefícios para a saúde. No entanto, sua composição pode influenciar no inchaço da barriga e em irritação intestinal. Por sorte, existem meios simples de preparo para evitar esse tipo de problema.

Continue no texto e saiba quais são as vantagens nutricionais de adicionar esse alimento à dieta e também se a couve-flor prende o intestino.

Quais os benefícios do consumo de couve-flor?

Por ser muito rica em diferentes tipos de micronutrientes, a couve-flor traz muitas vantagens para quem a consome. Veja abaixo uma lista com alguns dos benefícios mais relevantes associados a esse alimento.

Prevenção do câncer

Por possuir substâncias como o I3C (indol-3-carbinol), a couve-flor pode contribuir bastante na prevenção de alguns tipos de câncer. Isso acontece porque seus antioxidantes, como o próprio I3C, evitam mutações celulares e combatem os radicais livres.

Melhoria das funções cardiovasculares

A melhora do funcionamento do coração também é algo que pode ser atribuído ao consumo de couve-flor. Ela possui uma substância chamada sulforafano que é capaz de fortalecer as defesas antioxidantes e também as proteínas que fazem o processo de detoxificação das células. Isso garante que os vasos sanguíneos estejam mais protegidos.

Além disso, o vegetal ainda ajuda a diminuir as quantidades de colesterol, gordura que em excesso pode fazer muito mal ao coração.

Saúde cerebral

O cérebro também tem muito a ganhar com o consumo regular da couve-flor. Isso acontece porque ela apresenta boas quantidades de colina, uma vitamina que pode ajudar no desenvolvimento do cérebro em diferentes aspectos e contribui para a melhora do sono, da aprendizagem e da memória do indivíduo.

Ossos mais fortes

Por ser rica em vitamina K, a couve-flor ainda contribui para o fortalecimento de toda a estrutura óssea das pessoas. Pesquisas mostram que a baixa presença de vitamina K no organismo pode estar associada a um maior risco de fratura dos ossos e até à osteoporose.

Pele mais protegida

A pele também é uma região do corpo fortalecida com o consumo de couve-flor. Pessoas que consomem o alimento passam a ter mais proteção contra os efeitos da radiação ultravioleta, o que ajuda a prevenir, inclusive, o câncer de pele.

O consumo da couve-flor ajuda a prender o intestino?

Um ponto não tão positivo da couve-flor é que ela pode estar ligada ao mau funcionamento do intestino como um todo. Isso acontece porque o vegetal possui alguns nutrientes específicos, mais notoriamente carboidratos de cadeia curta, que não são tão bem digeridos no intestino delgado. Por este motivo, eles acabam chegando ao intestino grosso e fermentando por lá.

o consumo da couve flor ajuda a prender o intestino
Fonte/Reprodução: original

Isso acaba causando o inchaço na barriga e o acúmulo de gases e pode provocar até a chamada síndrome do intestino irritável. Mas, para amenizar esses problemas e poder aproveitar os benefícios que o alimento possui, existe um método muito simples: basta cozinhar a couve-flor antes de comer.

Esse processo quebra boa parte dos carboidratos simples que ela possui e faz com que isso não precise ser feito no intestino evitando, assim, os incômodos causados pela fermentação dentro do órgão.

Para quem não é indicado consumo de couve-flor?

Pessoas que tomam remédios anticoagulantes devem ficar atentos ao consumo da couve-flor. Essa atenção especial é importante porque o vegetal possui muita vitamina K, como já mencionado anteriormente, e esse nutriente pode interagir com esses medicamentos específicos.

Isso é relevante porque a vitamina K tem efeito coagulante, ou seja, faz o oposto aos que esses medicamentos se propõem. Na dúvida, o ideal é conversar com o médico e verificar com ele sobre a impossibilidade ou limitação do consumo da couve-flor.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *