Requeijão é remoso?

Requeijão é remoso?

Muitas pessoas podem ter a dúvida se o requeijão é remoso ou não. O requeijão, que é um dos lacticínios mais saborosos e conhecidos na culinária brasileira, é um subproduto do queijo de origem portuguesa e pode ser utilizado em lanches, pães, salgados fritos e muitos outros pratos, trazendo cremosidade e aquele sabor característico do queijo. 

A dúvida se o requeijão pode trazer malefícios a quem está em um período de recuperação e repouso é real e todo cuidado é pouco ao se tratar de pessoas em estado de convalescência. Por isso estamos aqui para descobrir se o requeijão é remoso e quais cuidados devemos ter ao consumí-lo.

Afinal, requeijão é remoso?

Em primeiro lugar devemos esclarecer o que é exatamente um alimento remoso e que mal ele pode causar em nosso organismo. 

A palavra remoso, ou reimoso, é um adjetivo que quer dizer que determinado produto faz mal a saúde. Porém na cultura popular são chamados de remosos os alimentos que tem uma influência negativa na recuperação de pessoas machucadas ou se recuperando de grandes lesões como acidentes ou cirurgias. 

Afinal, requeijão é remoso?
Requeijão faz mal. Fonte/Reprodução: original.

Esses alimentos são considerados remosos por terem muitas vezes algum componente alérgico para muitas pessoas em sua composição ou por serem de digestão pesadas, gordurosos ou terem até mesmo ação inflamatória no organismo. 

A pergunta que fica é se o requeijão faz parte desses produtos. E a resposta é depende. Quando utilizado em algumas receitas como salgados, pizzas e outros tipos de frituras, o requeijão tem um considerável efeito remoso. 

Principalmente quando esse tipo de alimento é associado com alguns hábitos alimentícios como refrigerantes e alimentos embutidos e industrializados. Esse tipo de combinação é quase o resumo de um prato remoso e que deve ser evitado principalmente nos períodos em que o indivíduo se recupera de um ferimento grave ou de procedimentos invasivos como piercing, tatuagens e cirurgias. 

Outro problema relacionado ao efeito remoso é a presença de gorduras saturadas no requeijão que podem ter efeitos negativos no organismo.

Tipos de requeijão?

O requeijão é um alimento que pode ser fabricado de muitos modos. Há o requeijão em pedaço que é muito conhecido no interior do Brasil também chamado de requeijão amarelinho ou moreno. 

Tipos de requeijão?
Quais os tipos. Fonte/Reprodução: original.

O requeijão industrializado por outro lado é o chamado requeijão cremoso, um tipo de requeijão mais pastoso. Deste tipo de requeijão existem: light, sem lactose, sem lactose e light, requeijão tradicional e o tipo diet. 

Qual o problema da gordura saturada?

A gordura saturada que é bastante presente no requeijão cremoso encontrado no mercado, caso seja consumida em excesso, pode causar aumento do colesterol ruim e ainda é estudado mas pode haver haver relações entre o consumo da gordura saturada e doenças cardíacas. 

Há também uma ligação forte entre a gordura saturada e a inflamação do organismo. A gordura saturada quando é consumida em excesso pode produzir citocinas inflamatórias que causam inflamação no corpo humano aumentando o efeito remoso do requeijão.

Problemas de alergias ocasionadas por requeijão

Outro problema relacionado ao requeijão são os de pessoas intolerantes à lactose e de pessoas alérgicas ao leite. Esses dois grupos devem tomar muito cuidado para não consumir requeijão e receber efeitos negativos bastante graves em seu organismo. Os efeitos da alergia são coceiras, erupções, inchaços, dificuldade na respiração e vômito. 

Já os da intolerância à lactose são diarréia, gases, desconforto abdominal e náusea. Fique atento caso sofra desses sintomas após consumir requeijão e outros derivados de leite. 

Em resumo devemos ter parcimônia ao consumir o requeijão e estar atento aos efeitos do alimento em nosso organismo. Em caso de recuperação de ferimentos ou cirurgia tente evitar o requeijão e outros alimentos remosos por pelo menos uma semana.


Comments

Uma resposta para “Requeijão é remoso?”

  1. […] conteúdo você vai ver se o caranguejo é um alimento remoso, o que é, quais os benefícios de consumir e muito mais. Continue conosco para […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *