Como consumir de forma saudável o mel? Prende o intestino ou não?

Como consumir de forma saudável o mel? Prende o intestino ou não?

O mel prende o intestino? Bom, o mel é um dos produtos naturais mais usados em todo mundo. Alguns usam apenas como um adoçante natural, já outros para fins medicinais. A partir daí surgem algumas dúvidas com relação a esse produto, e uma delas é se o mel prende o intestino. 

Mas será que essa informação é verdadeira? Agora vamos descobrir se o mel prende o intestino ou não, além de conhecer alguns benefícios desse produto natural. Também vamos ver qual a forma correta de consumir o mel. Vamos lá!

O consumo de mel prende o intestino?

A verdade é que a informação de que o mel prende o intestino é falsa. Na verdade, em vez de prejudicar, o mel ajuda bastante a combater vários problemas intestinais, se for consumido regularmente. 

Por conter ações prebióticas e antioxidantes, o mel ajuda a aumentar a atividade e o crescimento de micro-organismos benéficos para o nosso intestino. Ou seja, em vez de prender o intestino, o mel melhora o seu funcionamento. 

O consumo de mel prende o intestino?
Consumo de mel. Fonte/Reprodução: original.

Além de combater a prisão de ventre, o mel também ajuda bastante no combate às úlceras, as feridas no estômago que acabam provocando dores. O mel alivia essas dores, auxilia no processo de cicatrização e prevenção contra outras doenças intestinais. 

Quais benefícios no consumo do mel para o organismo?

Já sabemos que a informação de que o mel prende o intestino é falsa, e conhecemos dois dos seus benefícios para o nosso intestino, mas o mel possui muito mais benefícios para o nosso corpo. Vamos conhecer mais alguns. 

O mel pode ajudar muito no combate a gripes e resfriados, pois o mel reduz inchaços e inflamações na garganta e também nos pulmões, aliviando dores e diminuindo a tosse e até mesmo a asma. 

O mel também aumenta as defesas do nosso corpo contra algumas doenças como o infarto e alguns tipos de câncer, bloqueando a multiplicação das células cancerígenas. O mel também aumenta os níveis de HDL do nosso corpo, combatendo assim o colesterol alto. 

Além disso, o mel também pode ajudar a melhorar a nossa memória e a controlar os níveis de ansiedade do nosso cérebro O mel também é um ótimo alimento para pessoas que estão buscando se livrar da obesidade: ele ajuda na manutenção do nosso peso. 

Como consumir o mel de forma saudável?

Vimos que o mel traz dezenas de benefícios para várias partes do nosso corpo, mas isso não quer dizer que podemos consumi-lo descontroladamente. Por ser um alimento que possui muitas calorias, o recomendado é ingerir o mel em pequenas quantidades. 

Como consumir o mel de forma saudável?
Como consumir o mel de forma saudável? Fonte/Reprodução: original.

A medida diária de mel recomendado que podemos ingerir é de 2 colheres(chá). Você pode ingerir o mel da maneira que preferir, seja ingerindo ele puro, ou misturado em bolos, biscoitos, sucos, vitaminas, etc. 

Vale destacar que o mel que devemos consumir é o mel ‘’original’’, e não o industrializado, pois ele contém vários outros aditivos que acabam reduzindo os benefícios do mel para nossa saúde. 

Quando não é indicado o consumo de mel?

Existem algumas contraindicações no uso do mel para algumas pessoas específicas. Pessoas com diabetes, por exemplo, não são aconselhadas a consumirem o mel: ele aumenta o nível de glicemia do nosso sangue.

Pessoas alérgicas ou intolerantes a alguns componentes do mel, como a frutose, também devem evitar o consumo. Apesar da informação de que o mel prende o intestino é falsa, pessoas que possuem a síndrome do intestino irritável também devem evitar o consumo do mel. 

Mas se você não se encaixa em nenhuma dessas contra indicações, pode consumir o mel tranquilamente, pois ele traz vários benefícios.


Comments

2 respostas para “Como consumir de forma saudável o mel? Prende o intestino ou não?”

  1. […] salsicha não é um tipo de alimento saudável, tendo em vista que é um alimento ultra-processado. No entanto, elas são capazes de proporcionar […]

  2. […] Estes fitoesteróis são conhecidos principalmente por sua capacidade de colaborar para diminuir os níveis de colesterol no sangue. Precisam ser consumidos em quantidades adequadas, então podem diminuir a absorção de colesterol do intestino delgado e isso pode levar a uma redução dos níveis do “mau” colesterol no sangue. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *