Bacon é carregado e gostoso ou apenas gostoso Descubra!

Bacon é carregado e gostoso ou apenas gostoso? Descubra!

O bacon é um alimento muito gostoso que está presente na alimentação de inúmeras pessoas, isso faz com que muitas delas se perguntem se o bacon é carregado ou não, e qual impacto seu consumo causa no organismo.

Conhecer a origem dos alimentos faz com que essas perguntas sejam respondidas de maneira fácil, é por isso que ao continuar o texto você irá conhecer um pouco mais sobre os benefícios, os malefícios e do bacon, além de outras informações relevantes sobre o alimento.

Benefícios e malefícios do Bacon

Quando se pensa que o bacon é carregado, não se considera que ele possui benefícios como proteínas e Ferro, que compõem o grupo dos nutrientes essenciais, que deve estar inclusos na dieta de todas as pessoas. 

Benefícios e malefícios do Bacon
Fonte/Reprodução: original

No entanto, alguns estudos mostram que o bacon é um alimento prejudicial para a saúde devido ao seu processo de preparo, assim como outros alimentos processados. Ainda assim, isso não quer dizer que você tenha que cortar o bacon da sua alimentação, afinal, como ele ainda é uma fonte de proteína, você pode comer com moderação.

Entretanto, é interessante saber que os malefícios que esse alimento possui estão atrelados ao modo como ele é produzido e também com consumo exagerado, facilitando assim o desenvolvimento de possíveis problemas cardíacos e até mesmo de câncer de estômago. 

Bacon é carregado?

Sim, por ser um alimento gorduroso e processado, o bacon é carregado, remoso ou inflamatório, como preferir chamar. Por isso, você deve ter cuidado com o seu consumo, principalmente se você precisa evitar alimentos que atrapalham processos de cicatrização.

No entanto, mesmo sabendo que o bacon é carregado e potencialmente danoso à saúde, vale apontar que o consumo moderado do alimento é considerado seguro. Assim, deve-se evitar o consumo diário, e observar a ingestão máxima de cerca de 7g do bacon, que corresponde a cerca de uma fatia.

Alimentos carregados ou remosos podem dificultar a cicatrização dos ferimentos e pode até mesmo fazer com que o ferimento acumule secreção, formando pus. Por isso é tão importante evitar alimentos carregados como bacon, crustáceos e outros derivados do porco após a realização de cirurgias, tatuagens e até aplicações de piercings.

Do que é feito o bacon?

O bacon é feito da barriga do porco, e seu processo de fabricação pode ser colocado como um processo tecnológico, porque ele foi avançando e se adaptando ao longo dos anos. Inicialmente a barriga do porco passa por um processo de limpeza, para ser salgada e defumada e, por fim, passa por um processamento para se tornar o bacon que pode ser vendido e consumido.

Quantos tipos de bacon existe?

Existem três tipos de bacon que são feitos de outras partes do corpo do porco. O bacon é carregado independente do tipo, mas é interessante escolher um tipo de bacon que se adéque dentro da alimentação que você se propõe a ter.

Quantos tipos de bacon existe
Fonte/Reprodução: original

Veja abaixo os três tipos de bacon que existem:

  • Bacon tradicional — feito da barriga do porco, é o mais tradicional que você consegue encontrar em açougues, de carne e no mercado; 
  • Bacon de paleta — o diferencial deste bacon é que ele normalmente costuma ser fino, pois ele não possui o couro presente no bacon tradicional;
  • Bacon de lombo — este tipo é o mais fino que você vai conseguir encontrar e, além disso, ele possui um menor teor de gordura e pode ser colocado como uma versão light do bacon. 

Esses são os três tipos de bacon que você consegue encontrar para consumo, o ideal é você procurar ajuda de um nutricionista porque ele irá te orientar na hora de escolher o bacon certo para a sua alimentação, além de indicar a quantidade ideal para sua ingestão. 

Por fim, é bem interessante saber se o bacon é carregado porque ele está presente em muitas receitas do nosso dia a dia, por isso conhecer um pouco mais sobre ele faz com que você consiga elaborar melhor as suas receitas e aprender um pouco mais sobre este alimento que é tão amado. 


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *